Relatório Final da Assembléia Geral: Qual será o futuro da Igreja do Nazareno?

“Estava o nosso Senhor acusando as igrejas do primeiro século em Apocalipse 2 e 3 quando passou por elas e expôs seus pecados e falhas, e lhes ordenou que arrependessem? A acção mais amável e bíblica que um servo fiel a Deus pode ter é justamente a de expôr a conduta antibíblica que leva ao arrependimento, para que não suceda que Deus intervenha duramente e repreenda de uma forma ainda mais severa. Eu penso que, a pior repreensão que nós poderíamos receber das mãos de Deus seria se Ele simplesmente nos deixasse ir avante com as nossas próprias agendas. Estamos mais inclinados a exaltar o homem e menos propensos a considerar a Palavra de Deus. Um dia, muitos perceberão tarde demais, como Sansão, quando lemos: “Porque ele não sabia que já o Senhor se tinha retirado dele”. (Judges 16:20b). Que Deus seja gracioso e nos desperte para aceitar a repreensão daqueles que estão vendo os erros na práctica da nossa fé. Nenhum homem está aquem de uma repreensão. Que possamos ver o amor e a graça naqueles que forem tão bondosos a ponto de nos repreender.” (Pastor Wilbert Unger)

A Assembléia Geral da Igreja do Nazareno concluiu-se no dia 29 de Junho de 2013. Não houve grandes surpresas, além de alguns ‘novos’ itens adicionados à crescente apostasia. A denominação a qual tenho sido membro toda minha vida é uma igreja de santidade apenas em palavras. A igreja do Nazareno está morrendo espiritualmente, está dividindo-se em duas facções bem distintas, e, ambas não podem simultaneamente obedecer a Deus. É muito triste para mim relatar isso, e eu posso imaginar amigos com lágrimas nos olhos, concluindo que estou confirmando o que já sabiam. Com excepção de algumas igrejas locais que ainda permanecem fortes biblicamente, não há evidência de qualquer denominação que esteja sendo fiel aos princípios bíblicos. A Igreja do Nazareno não poderia ser comparada à igreja de Esmirna ou Filadélfia. O que a igreja do Nazareno se tornou é numa mistura das cinco igrejas das quais o Senhor teve muito pouca coisa boa a dizer.

Não me arrependo de relatar isto, apesar de me entristecer. E quem é que gosta de ser  portador de más notícias? Não pedi que nada disso acontecesse. Não pedi para ser forçado  a sair de uma igreja porque me manti fiel à palavra de Deus, assim como muitos outros nazarenos foram forçados a sair de suas igrejas. Não pedi para ver pastores sendo despedidos porque pregaram contra a heresia. Não pedi para receber e-mails após e-mails notificando-me de maneira lamentável de irmãos fiéis que foram humilhados e excluídos por pastores ou líderes distritais. Eu apenas queria viver minha vida com toda fidelidade possível, e tudo o que me preocupava era evitar que a influência do mundanismo corrompesse as minhas crianças. Agora, nossa preocupação maior é pelas crianças que estão sendo corrompidas –dentro da própria Igreja do Nazareno.

Assim como células cancerígenas, a doença da igreja emergente tem infectado as partes principais do corpo da denominação, e está hoje aqui para ficar. É um fato consumado, e não fiquemos iludidos de que isso vá embora. Só um milagre de Deus poderia erradicar esta doença. Em quatro anos, os Superintendentes Gerais da igreja não tentaram pará-la, e nem mesmo falaram contra isso, e essencialmente, eles têm permitido a sua propagação, e portanto, devem ser totalmente responsáveis pois deixaram as raposas entrar no galinheiro. A maior responsabilidade pela morte desta denominação cai sobre estes homens que estão encarregados justamente de proteger a igreja.

A Falha dos Nossos Líderes

O Superintendente Geral Emérito Jesse Middendorf e seu filho Jon, vêm há muito tempo promovendo a ideologia emergente. Jerry Porter tem sido um forte apoiador do Plano Master (G12), um programa que tem destruído muitas igrejas, particularmente as congregações hispanas. A denominação também tem abraçado muitos elementos do Catolicismo Romano, uma religião falsa de onde meu pai foi resgatado. Assim como um capelão nazareno disse, em privado, a um estudante alguns anos atrás, “estamos nos tornando Católicos Romanos”. Isto é verdade. Observe as ênfases atuais nas quaresmas, no abandonar algo em prol das quaresmas, na “Eucaristia”, no sinal de cinzas na testa; no grande foco dos rituais do Advento, na Quinta-feira Santa (Maundy Thursday), em labirintos de oração, em estações de oração, nos palestrantes católico-romano nas universidades. Mesmo assim, nazarenos ingênuos observam tudo se desdobrando diante de seus próprios olhos, sentados em seus assentos aceitando tudo sem questionar.

O silêncio não é desculpa. Alguns Superintendentes Gerais têm sido cumplices pelo seu silêncio, ou pela sua participação em parcerias com organizações comprometidas com o mundo. Stan Toler e Jerry Porter são membros do comitê de aconselhamento de um grupo radical de justiça social chamado Liga Nacional Evangélica Latina (the National Latino Evangelical Coalition), dirigida por um pastor nazareno que todos os anos promove um festival nada santo, mas pagão, chamado Wildgoose (ganso selvagem). Um terceiro líder nazareno, o pastor Oliver R. Phillips, também faz parte deste comitê. E, todos os seis Superintendentes Gerais dos últimos quatro anos endossaram outro programa radical chamado “Mesa Evangélica Imigrante” (The Evangelical Immigration Table), um grupo que não faz nada além de dividir nazarenos que estão do lado oposto de uma importante questão política nos Estados Unidos. Estes compromissos dos nossos líderes espirituais com estes grupos radicais têm sido um grande desperdício de tempo, ao invés de focalizar na evangelização. A cumplicidade dos líderes em permitir que o catolicismo entre na igreja tem de ser notada. Recentemente, o Dr. Eugênio Duarte colocou seu sêlo de aprovação na observação da quaresma, um ritual Católico Romano que já se tornou muito popular em muitas de nossas igrejas e distritos, e certamente todos os outros Superintendentes Gerais devem tê-lo aprovado.

Contudo, se todos são promovedores activos ou observadores silenciosos, eles todos têm falhado na sua função de liderança da igreja como consta no Manual da Igreja do Nazareno. Ainda mais sério, todos têm falhado em suas funções como pastores da igreja como é citado nas Escrituras. Da mesma maneira, muitos dos líderes das universidades nazarenas (como Dan Boone e Dr. Karl Leth) e muitos superintendentes distritais têm sido ativos em promover ou em permitir estas heresias que têm danificado a igreja, enquanto outros presidentes têm permanecido em silêncio, como se tal atitude os absolvesse de qualquer responsabilidade.

Atualmente existe alguns lugares que não foram contagiados (poucas igrejas locais ainda fortes) que são as vezes vistas como sendo um detrimento para o “progresso” da denominação, mas que certamente serão atacadas, uma congregação de cada vez, até ficarem alinhadas, fechadas, ou forçadas a ir embora. Um dos momentos mais críticos destas igrejas será quando o pastor se aposentar e um substituto for necessário. Se as pessoas não estiverem atentas à apostasia à sua volta, elas ficarão vulneráveis, e a escolha errada de um pastor poderá decretar o fim de uma igreja que acredita na Bíblia.

Estamos enfrentado ataques de falsos ensinos:

A Bíblia tem sido rejeitada como a palavra infalível de Deus e como nossa única fonte verdadeira de autoridade; Evolução está sendo ensinada como sendo um fato, substituindo a naração de Deus da criação e negando a verdade das Escrituras; Gêneses 1-11 tem sido considerado meramente uma alegoria e a existência literal de Adão e Eva está sendo negada; ensinamentos de práticas místicas conectadas com religiões orientais, e um movimento em direção a um Cristianismo baseado em sentimentos, ao invés da verdade clara expressada nas Escrituras; a promoção de um “evangelho” social no lugar de um Evangelho de salvação do pecado; o suavizar da posição bíblica com respeito ao homosexualismo, tornando-se uma igreja que “afirma” e aceita o “cristão” homosexual; professores falsos como Brian McLaren, Richard Foster, e Rob Bell são convidados a falar para estudantes, seminaristas, e até pastores, ou seus livros são usados em cursos de Teologia como “bons” recursos; Doutrinamento e aceitação dos rituais e misticismos Católico-Romano, e promoção de livros de místicos católicos; meio-ambiental e “comunidade” tendo ênfase em detrimento da mensagem verdadeira do Evangelho; retiros em mosteiros Católico-Romanos para praticar o silêncio; Imitando o mundo com a tal dança Harlem Shake nos colégios nazarenos, e até mesmo durante um culto de Páscoa; uma reunião ecumênica com grupos políticos e religiosos radicais e não bíblicos; o ensino de ocultismo em um Seminário Teológico Nazareno; Um programa após outro assim como o Plano Master G-12 que está destroçando congregações; e muito mais que tem destruído a igreja de dentro.

As seguintes avaliações e conclusões são baseadas em quatro anos de pesquisa e relatórios, e juntanto toda informação possível dos eventos na Assembléia Geral. Existe muito mais que não será relatado aqui, mas procuro ressaltar os itens mais críticos. A motivação primária para esse relatório é o amor pelos irmãos cristãos. Eu convido todo nazareno e todo cristão a não se esquecer de sua responsabilidade de pregar todo mandamento dado por Deus, que inclui avisar o rebanho sobre os ensinos falsos. A igreja está se dividindo. No entanto, o que está acontecendo não deve ser nenhuma surpresa, pois foi o nosso mesmo Senhor é que disse: “Cuidais vós que vim trazer paz à terra? Não, vos digo, mas antes dissensão”. Lucas 12:51

A. Dois acontecimentos significantes da Assembléia Geral que têm enfraquecido ainda mais uma denominação que já foi forte:

Fato Confirmado pela Assembléia Geral: A Biblía Contem Erros E Não É Totalmente Confiável

O assunto mais sério e desastroso é aquele que afeta o fundamento de nossa doutrina e fé: como a Igreja do Nazareno aceita as Escrituras Sagradas. Os 66 livros da Bíblia são revelações escritas de Deus a nós, e nos revelam não só o plano de salvação através de Jesus Cristo, mas também a Verdade em todos outros assuntos escritos. A palavra infalível de Deus diz que: “A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre” (Salmo 119:160).

Ainda assim, a rejeição de uma simples e clara resolução sobre as Escrituras, que foi colocada de lado para “estudo” quatro anos atrás, é a atitude mais enfática que uma Assembléia Geral e a sua liderança poderiam fazer para fazer uma declaração clara a todos sobre em que posição eles estão com relação às Escrituras. A finalidade de sua rejeição da resolução mostra que a Igreja do Nazareno não só deixa de afirmar, como talvez nunca afirmará que a Bíblia é sim, verdadeira em todas suas partes. Se você declara que a Bíblia tem erros, então, abre as portas para que cada um escolha por sí mesmo no que acreditar e rejeitar o que quiser rejeitar, e chama Deus de mentiroso.

O Relatório do Comitê Das Escrituras está incluido no final deste relatório e também anexado no formato PDF (O texto em vermelho e em azul são comentários de James Scullin e Allen Marsh). Em especial, alerto os irmãos sobre uma declaração, mais ao final deste documento, que talvez revele a razão mais urgente para rejeitar uma afirmação sobre a infalibilidade da Bíblia:

“A posição detalhada da infalibilidade não está apenas em discórdia com a teologia Wesleiana, e repudiada por teólogos e líderes nazarenos, mas se o Artigo IV fosse alterado para nos restringir a essa visão particular da Escritura, a presente amplitude que pode compreender as duas visões seria substituída por este ponto de vista fundamentalista restrito. Uma vez que, teólogos nazarenos e estudiosos da Bíblia, como um todo, ficariam fortemente opostos a essa oposição limitada deste Artigo de Fé, assim como muitos pastores e líderes leigos, tal movimento poderia ameaçar uma divisão muito séria na denominação. A divisão, uma crise grave e dores que temos visto em outras denominações indicam que isso poderia ter resultados muito graves para a nossa unidade e poderia causar sérios danos à Igreja do Nazareno.” (Relatório do Comitê Das Escrituras)

Só neste relatório há três partes de raciocínio maus. Primeiro, a infalibilidade das Escrituras não é uma variante da teologia Wesleiana. Essa é uma afirmação falsa. O próprio John Wesley disse: “Não. Se há algum erro na Bíblia, podemos então dizer que há mil. Se há um erro nesse livro certamente que não veio do Deus da verdade. ” Ignorar isso, e muito mais que tais líderes têm ignorado nos escritos do teólogo nazareno H. Orton Wiley e outros, trai a vergonhosa seleção isolada de passagens fora do contexto deles para justificar as suas conclusões erradas.

Em segundo lugar, depender dos “principais teólogos Nazarenos” em vez de confiar nas Escrituras é uma filosofia que se reflete em todo este documento. Isso é feito repetidas vezes, pois dependem do raciocínio humano, e recusam a aceitar a Palavra de Deus, como está claramente escrito. Este é um grande erro que contribui para a queda de qualquer denominação.

E em terceiro lugar, a preocupação com qualquer tipo de divisão na denominação nunca deveria ser um problema por sí só, e eu acredito que esse raciocínio não revela a verdadeira razão para a rejeição da infalibilidade da Palavra de Deus. Creio que esta é a principal razão que eles se recusam a confessar a crença na veracidade de toda a Escritura. A ironia é que isso já está causando grande divisão na denominação, e os que crêem na Bíblia não aceitarão isso; muitos separar-se-ão da Igreja do Nazareno, baseados apenas nessa posição. O que eventualmente restará serão dois grupos: os que rejeitam a infalibilidade da Bíblia, e os que crêem na Bíblia que serão marginalizados pelos apóstatas.

Conclusão: a liderança não acredita na infalibilidade das Escrituras, e com a liderança seguindo nessa direção, assim será com o resto da denominação. Apesar deste documento final e sua tentativa de “explicar” como a Bíblia contem erros, você provavelmente não verá qualquer dessas pessoas indo às igrejas locais para dizer que eles não acreditam na infalibilidade das Escrituras. Eu acho que muito mais pessoas simplesmente se levantariam e iriam embora.

*Os Membros do Comitê de Estudo das Escrituras eram: o Superintendente Geral Jesse Middendorf, Thomas Noble, Gary Bennett, Stephen Dillman, Bradley Estep, Thomas King (presidente), Joseph Knight, Melvin McCullough, Christian Sarmiento, Arthur Snijders, Alexander Varughese (secretario), e David Wilson; Stan Ingersol e Shirley Marvin também ajudaram.

Homossexualidade: É Apenas Uma Questão de Tempo Até Haver Um compromisso Completo

Além do erro fatal de ‘enfiar o provebial polegar no olho de Deus’ com a rejeição da infalibilidade das Escrituras, há ainda outro erro fatal. A questão da homossexualidade é um dos maiores problemas não só na sociedade, mas na igreja também. Inúmeras denominações sucumbiram-se à pressão da sociedade, e comprometeram o ensino claro de Deus sobre o pecado da homossexualidade. Permitir uma oficina na Assembléia Geral, com o tema “LGBT friendly church” (Igreja Fraternal de Lésbica-Gay-Bisexual-Transexual), mas sem oferecer uma solução bíblica clara, foi mau. Mas falar abertamente sobre isso foi posto de lado como mais outra resolução reservada para mais quatro anos de estudo, como se o problema do pecado homossexual precisasse de mais estudos.

Isto também contribuirá para a queda da Igreja do Nazareno, enquanto muitos se desviam. Depois que uma grande maioria de pessoas votou a favor de uma resolução reforçando a posição da Igreja sobre o pecado homossexual, uma moção foi feita para encaminhar a resolução para a Junta Geral para ser mais estudado (lembre-se da resolução das Escrituras que foi entregue há quatro anos). A principal desculpa para isso foi que a igreja precisava ter certeza de elaborar uma declaração compreensível que abrangesse todos os tipos de sexualidade. Mas por que não fortalecer a afirmação sobre a homossexualidade agora, e quatro anos depois fazer emendas? Infelizmente, esta moção foi aprovada. Em uma corajosa tentativa de trazê-la de volta para reconsideração, vários pastores se levantaram e apresentaram o seu caso. Um deles era um delegado do Distrito Oeste Porto Rico, Rev. Ramon Sierra, e outro foi o Superintendente Distrital do Norte da Flórida, o Dr. Orville Jenkins, Jr. Foi no distrito Norte da Florida que esta declaração bem escrita e biblicamente sólida sobre o pecado da homossexualidade se originou. O presidente Dan Boone da Universidade Nazarena Trevecca foi quem falou em oposição à moção para reconsideração. Após a votação, a moção para reconsiderar falhou por um número de votos relativamente pequeno, e agora a denominação continuará sem uma clara e forte declaração sobre o pecado homossexual por pelo menos mais quatro anos.

Esta é uma falha completamente triste por parte da liderança, apesar de um dos superintendentes gerais se levantar após a moção ser rejeitada, e dizer que a igreja ainda se mantém firme sobre esta questão. Nesse caso, não poderiam também um ou dois dos Superintendentes Gerais ficar de pé e apoiar o Dr. Jenkins que pedia a re-consideração? Falta de liderança mais uma vez, e talvez a política liderou o dia, ou talvez o desejo de não ofender alguém. Eles realmente se esqueceram de que o Evangelho é ofensivo para aqueles que não crêem. Que vergonha, e quão destrutivo isso poderá ser para a igreja emquatro anos!

Com estas duas decisões críticas, juntamente com todas as heresias sendo introduzidas na denominação, creio que a Igreja do Nazareno está a caminho de fazer parte do grupo cada vez maior de igrejas apóstatas que estão honrando aos homens, ao invés de Deus. Apesar do anúncio de Nina Gunter de que a igreja “não está em crise”, o fato é que a igreja está em crise, e talvez, em estado vegetativo. O que nos restou são líderes que se recusam a admitir a realidade, e outros líderes em total conivência com os inimigos de Cristo.

B. Breve Sumário Sobre Outros Assuntos da Assembléia

1. Deus Comete Erros E Aprende Com Seus Erros? A resolução que teria condenado o Progresso Teológico foi derrotado facilmente no comitê. Dan Boone, um dos líderes mais perigosos na igreja hoje, foi usado como instrumento para permitir que este ensino herético continuasse. Ele é presidente da Universidade Nazarena Trevecca, e ajudou a introduzir o misticismo contemplativo na escola, passeios escolares a mosteiros Católico-Romanos, teologia cheia de erro, ecumenismo, bem como permitir que um grupo radical pro-homossexual falasse no campus. Seus próprios argumentos muito questionáveis contra a resolução selaram o destino da mesma. Tom Oord e outros podem agora continuar ensinando essa heresia para os nossos alunos como se ela fosse da própria Bíblia.

2. Igreja LGBT (Lésbica-Gay-Bisexual-Transexual)? A vergonhosa oficina foi realizada por uma igreja que diz estar “buscando fazer discípulos semelhantes a Cristo na comunidade LGBT. Não houve sequer uma menção sobre o pecado até que eu fiz uma pergunta no final da oficina: “Alguma vez, alguém testemunhou na sua igreja que foi liberto do pecado da homossexualidade?” É interessante que o pastor igualou a minha abordagem à do Êxodo International, embora eu o corrigi e afirmei que minha abordagem era bíblica. A sua resposta nunca foi clara, ao menos pelo que ouvi. Portanto, mantenho minha conclusão de que esta é uma notícia má, e não boa para a igreja. No final da apresentação este grupo ainda foi aplaudido de pé.

Estes parecem ser passos de bebê para uma eventual aceitação e afirmação dos “crentes” homossexuais. Com o capelão da Faculdade Eastern Nazarene (de Massachusetts) já se gabado por ter adorado a Deus ao lado de um pastor abertamente homossexual e sua congregação, grupos de apoio ao LGBT, o acolhimento de grupos pró-homossexuais no campus da faculdade, e um fraco documento oficial entitulado Perspectivas Pastorais …. por que não? As portas estão se alargando ainda mais para que a homossexualidade se torne totalmente aceita na Igreja do Nazareno.

3. A espiritualidade contemplativa e o catolicismo romano estão entrando na corrente sanguínea do Nazareno, e ao que parece, para a liderança tudo está bem. Na oficina realizada por Mark Maddix da Universidade Nazarena Northwest, ele promoveu lectio divina e formação espiritual. No final, eu o desafiei perguntando porque é que os nazarenos estão trazendo todos os tipos de heresias e práticas dos católicos romanos. Seu co-palestrante também errou ao afirmar que ‘a Bíblia veio de católicos romanos’. Mais tarde ele falou conosco, e quando o Tim Wirth perguntou-lhe se ele acreditava que o evangelho católico da salvação era o mesmo que o dos protestantes ele declarou: “Sim, os dois são o mesmo evangelho da graça.”

Ele não teve uma resposta para a pergunta: Isso é errado; são dois evangelhos separados, e se eles não são, porque houve uma divisão?” Em outras palavras, por que houve uma Reforma? O Dr. Maddix aparentemente não sabe muito sobre a história da Igreja Católica Romana e o que ela ensina. Os católicos romanos, como são ensinados pelo magistério e o Concílio de Trento, não são nossos irmãos e irmãs em Cristo. No entanto, esses professores “eruditos” e pastores não têm idéia do que estão falando, ou estão completamente sobrecarregados com uma ilusão que é muito fatal.

4. Experimentando Coisas Estranhas: Havia outra sala de oração lá, completa de ícones e com aspecto do catolicismo Romano. O mesmo sentimento opressivo que três de nós tivemos quando nos aproximamos da sala de oração para entrar, e a hesitação, foi um pouco estranho para nós. Eu fui mais tarde, depois de orar primeiro, e escrevi minha mensagem à igreja em cima da mesa. Havia mais indícios de que a Igreja está ajudando a trazer novos problemas. O experimentalismo está se tornando mais evidente, com pessoas procurando “sentir” e “experimentar” a presença de Deus, sabe-se lá o que isso significa. Depois de rejeitar o Pentecostalismo e o movimento da Rua Azusa anos atrás, especialmente do fundador Phineas Bresee, parece que agora, o “fogo estranho” está sendo reintroduzido na igreja, através da Escola Fogo: Vivendo o sobrenatural, realizado por Rob McCorkle e Dan Bohi.

Depois, houve o encontro que tivemos com uma duas meninas no estande da Escola Fogo. Ela insistiu que as manifestações físicas que ela tinha experimentado foram a marca do Espírito Santo. Eu perguntei, como é que você sabe que é o Espírito Santo? E eu perguntei de novo, é possível que você tenha sido enganada? Depois, quando indagamos acerca dos ensinos de Dan Bohi, nos disseram para não falarmos mal do ungido de Deus. Finalmente, pediram-nos para sair. Se alguém pensa que, sentir os braços pesados, ou que, ser incapaz de se levantar é prova de que o Espírito Santo esta a trabalhar na sua vida, então essa pessoa está em sérios apuros. Prepare-se para uma nova onda de ventos de doutrina semelhante às que Bresee alertou.

5. Eleições: Dois novos Superintendentes Gerais foram escolhidos. Um deles, David Busic, foi presidente do Seminário Teológico Nazareno, e que eu saiba, não fez nada para mudar a direção em que este seminário está indo: na espiritualidade contemplativa e até mesmo no ensino de um curso ocultista. Ele tem, no mínimo, algumas conexões com a ideologia emergente, incluindo o seu uso liberal de citações de Phylis Tickle em seu discurso inaugural. Receio que futuramente vamos descobrir muito mais. O segundo Superintendente Geral, Gustavo Crocker, tem algumas conexões com Leonard Sweet, um líder emergente que está ligado a Rick Warren, e também tem algumas idéias estranhas de espiritualidade. Eu não sei muito sobre ele, mas, novamente, o tempo vai dizer sobre a sua liderança. Eu não estou otimista.

6. A Junta de Superintendentes Gerais: Não tenho absolutamente qualquer confiança na Junta de Superintendentes Gerais, e ninguém deveria. Esses homens falharam com a igreja. Eu acredito que toda a evidência mostra que aqueles que estavam na junta nos últimos quatro anos falaram da boca para fora quando falaram dos ideais e doutrinas da Igreja do Nazareno, enquanto permitiam que todos os tipos de heresias prejudicassem a igreja, talvez de forma irreversível. Precisamos orar para que eles se arrependam da sua falta de liderança, para que acordem e vejam a destruição que está acontecendo ao seu redor, e que falem a verdade para as pessoas, mesmo à custa de perder membresia. Se não for assim, devem prestar contas a nós.

Peço a cada Nazareno que ler isto, e que está tão preocupado como nós, para escrever uma carta aos Superintendentes Gerais, ou enviar e-mail a cada um deles diretamente, e pedir por respostas. Não fique satisfeito apenas com respostas, mas com respostas diretas e inequívocas para suas perguntas. Peça que declarem especificamente no que é que eles creem. Uma boa pergunta com sim ou não como respostas pode ser: “Acredita que Gênesis 1-11 é alegoria e não verdade, e que Adão e Eva não existiram de verdade? E, você acredita que a evolução é verdade?” Para uma amostra de boas perguntas, veja “Perguntas para a Liderança”.

7. Algumas outras notas. Houve debates sobre a questão do batismo infantil e expiação; argumentos feitos para não usar o nome de Nazareno em alguma igreja, com medo de que pessoas não viessem para uma igreja etiquetada de Nazarena. Também não podemos esquecer da influência terrível que os Nazarenos Explorando Evolução têm tido sobre a igreja, apesar de eu não ter assistido nenhuma de suas apresentações. Houve também um pastor que abruptamente se afastou de mim e que não apresentava qualquer base bíblica para tudo o que dizia. Um pastor, amigo deste, pediu então para orar por mim, enquanto que ele próprio estava sob engano. Lembrei-me da época em que três de nós não pudemos por algum motivo entrar na sala de oração, até que eu finalmente pedi a Deus por proteção e, em seguida, entrei na sala. Tive a alegria de falar com alguns pastores que me disseram que sim, que iriam manter a linha, que iriam defender a palavra de Deus a todo custo. E depois então, pude me encontrar com companheiros nazarenos que conheço há vários anos apenas por e-mail e Facebook. Passar o tempo com dois amigos que generosamente abriram a sua casa para mim foi uma experiência agradável. Houve coisa boa também nesta Assembléia.

Conclusão

“E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade”. 2 Tess 2:11-12

Hoje acredito que existe um cenário de ilusão muito forte na mente de muitos nazarenos, e eles estão acreditando em muitas mentiras. O que mais poderia explicar a inexplicável falta de discernimento de tantos falsos ensinos pela liderança, e também o intencianl fechar dos olhos à verdade do que está acontecendo, por muitas pessoas nos bancos, e por pastores que não parecem estar interessados em advertir seu rebanho? Eles estão vivendo perigosamente numa bolha, evitando que suas congregações conheçam os perigos, e portanto permitindo que eles sejam potencialmente expostos ao erro. O seminário está  formando pastores que estão por sua vez introduzindo doutrinas heréticas às suas congregações. Os assentos, por sua vez, estão sendo preenchidos com pessoas que nem sequer são salvos, ou que são salvos mas também ingênuos e incapazes, ou que não pensam por si mesmos.

Muitos Nazarenos deram o seu sangue, suor e lágrimas para a Igreja do Nazareno. Penso naqueles que sacrificaram muito do seu tempo e recursos, tais como Don e Sue Butler, que com a ajuda de Tim Wirth produziram um DVD que chegou a milhares de nazarenos e ajudou muitos a se conscientizarem acerca da igreja emergente e de seus perigos. Inúmeros nazarenos que, por defenderem a verdade têm sido marginalizados e forçados a deixar a sua igreja, e quando não há nenhuma outra igreja do Nazareno saudável  disponível, são forçados a deixar a denominação.

A Igreja do Nazareno tem-se tornado numa denominação que tem pouco interesse pela verdade do Evangelho e pelo bem-estar dos nazarenos que acreditam na Bíblia. Por outro lado, como disse recentemente um ex Nazareno, é “uma religião baseada em obras com todos os tipos de regras e regulamentos, e a demanda por um número crescente de people e uma conta bancária maior”. Até isso fez o tiro sair pela culatra pois, a igreja parece estar passando por uma crise financeira, culpada em parte iniciada pelo escândalo sexual da igreja Bethany First Church há alguns anos atrás, que custou à denominação uma quantia de dinheiro não revelada. Não há interesse na verdade, porque falar a verdade muitas vezes acaba por afastar as pessoas. Se a verdade for encoberta sob a fachada do “amor”, enquanto se ignora o justo juízo de Deus, certamente mais pessoas poderão ser acrescentados à igreja, mas quantos realmente serão salvos?

Uma Mensagem Para Aqueles Que Têm Sido Feridos Pela Igreja

It is difficult to see so many years of enjoyment and pure joy at being a part of a holiness church, turn into times of anguish.  I have received many of your stories, and it is absolutely heartbreaking.  I do not cry too many tears outside, but the sorrow I feel inside is more than I had felt in all my years before four years ago.  But God has promised He will never leave you, in spite of persecution, which He says you would face.  And to the churches that are standing firmly in opposition to the apostasy, we will pray for you.

É difícil ver tantos anos de puro prazer e alegria de fazer parte de uma igreja de santidade, transformar-se em tempos de angústia. Já recebi muitas de suas histórias, e é absolutamente devastador. Embora não esteja chorando por fora, a tristeza que eu sinto por dentro é a maior que já senti em todos os anos antes desses últimos quatro anos. Mas Deus prometeu que nunca iria nos deixar, apesar da perseguição que Ele disse que enfrentaríamos. E para as igrejas que ainda estão de pé, firmes em oposição à apostasia, vamos orar por você.

Um amigo recentemente escreveu em resposta a outro cristão que estava compartilhando um peso para a igreja:

“Se estes são os momentos finais, eu só posso visualizar uma queda contínua. Mas Deus disse que Sua Palavra não voltaria vazia. Onde a Palavra ainda está sendo fielmente pregada e vivida, haverá esperança, haverá crescimento, haverá avivamento …. Em vez de se humilharem perante o castigo de Deus, “os crentes” continuam se afastando cada vez mais longe de Deus. Rejeitar a disciplina de Deus os levará a uma consciência cauterizada e a um caminho mais escuro. Mas continuem a trabalhar enquanto há luz do dia porque ainda há alguma colheita possível, mesmo que seja o final dos tempos. Eu compartilho o seu coração partido sobre a condição da igreja hoje. Que Deus esteja consigo. ”

Um Recado Aos Pastores Que Recusam Abrir A Boca

Você deve compartilhar essas coisas com sua congregação. Você pode ser contra todos esses falsos ensinos, mas isso não é suficiente. Você PRECISA dizer à sua congregação a verdade sobre isso também. Eles devem ser equipados com o conhecimento do que está acontecendo, ou eles vão estar em perigo algum dia. Algum dia você irá se aposentar e, em seguida, um falso mestre virá para substituí-lo, e logo trará devastação sobre a igreja com as mentiras da igreja emergente e de outros movimentos falsos. Você está disposto a assumir a responsabilidade do que está acontecendo? Você é um pastor assistente do Grande Pastor, e você será cobrado com muito mais responsabilidades, e a Escritura diz que você terá de prestar muito mais contas a Deus pelo que você ensina, ou pelo que você deixa de ensinar.

Um Recado Àqueles Que Dizem Que Não Devemos Criticar A Igreja e Seus Líderes

Precisamos ser cautelosos com aqueles que pregam um outro evangelho. Paulo advertiu sobre aqueles que pregavam “outro Jesus … outro espírito … ou outro evangelho” (II Coríntios. 11:4). Como podemos conhecê-los, a menos que julguemos o seu Jesus, o seu espírito e o seu Evangelho com a Palavra de Deus? Paulo chamou esses pregadores de “apóstolos falsos, de obreiros fraudulentos, que faziam-se apóstolos de Cristo” (II Coríntios 11: 13). Ele explica no v14-15 que estes pregadores são os ministros de Satanás. O homem chamado por Deus deve ser justo e fiel em expor os ministros de Satanás.

Paulo advertiu os gálatas sobre aqueles que “distorcem o evangelho de Cristo”. Ele também disse: ” Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.” (Veja Gál. 1:6-9). Multidões hoje estão pregando um evangelho pervertido. Aqueles que ensinam que a salvação depende de batismo, ou de obras, estão ensinando um evangelho pervertido. Os carismáticos que adicionam sinais e maravilhas ao evangelho, católicos, muitos evangélicos, e muitos fundamentalistas (?) estão pregando um evangelho pervertido. E ainda esperam que nós cooperemos com eles no evangelismo e trabalho cristão, de acordo com muitos hoje. Se não formos capazes de expor esses falsos profetas, então teremos traído Cristo e Seu evangelho. “(Tim Wirth)

A Verdade é O Maior Problema do Emergent

(John Henderson)

Eu já disse muitas vezes que eu não tenho nenhuma intenção de “debater” com os emergentes com o objetivo de convencê-los. Mas tenho que discuti com eles por causa do impacto sobre os incautos e mal informados porque enganam as pessoas queridas que estão desesperadamente necessitadas de encontrar a verdade. Eu os vejo como mais do que um movimento recente que sugere que a igreja precisa ter uma abordagem modernizada para ganhar as pessoas para a igreja. Mesmo nisto, eles começam com proposições erradas. Nosso trabalho nunca é para ganhar as pessoas para a igreja, é para ganhar pessoas para Cristo. Quando elas recebem Cristo, elas são automaticamente parte da Igreja.
Também se tornou evidente que eles não estão apenas focados em mudar a estrutura e missão da igreja. Eles fazem claramente parte do maior movimento sócio-político conhecido como o movimento progressista liberal que envolve princípios marxistas, o humanismo secular e religioso, o ateísmo-modificado, teologia da libertação, e metodologia de Saul Alinsky. Eles são claramente parte de uma ma trindade definida de princípios não sociais, ditadura política e falsificação religiosa. Eles apresentam as evidências de sua natureza regularmente e consistentemente.
Seus argumentos não têm absolutos e nenhuma autoridade. Eles confiam totalmente em abordagens filosóficas de opinião e interpretação. Eles não têm idéia de verdade na arena de idéias racionais. Quando confrontados com a verdade que eles são incapazes de negar ou evitar, sempre implodem e caem em afirmações vazias, sem substância. Eles não podem tratar em substância. Eles só podem dar explicações no seu próprio contexto de irracionalidade e preconceito e não podem compreender a visibilidade de fatos e revelação.
Eles sabem que estão mentindo e, eventualmente chegam a um lugar de crer suas próprias mentiras. Eles são incapazes de ser honestos sobre suas próprias idéias, porque eles não levam a sério a verdade e constroem apenas na emoção e experiência. Eles estão isolados da realidade, porque vivem em um universo alternativo de sua própria criação.
O trabalho do cristão é bastante simples. Basta ser bíblico, isso é o que vence. Rob Bell pode tentar convencer as pessoas de que “o amor vence”, como ele define uma idéia anti-bíblica de “amor”, mas o amor cristão é fundado na verdade bíblica e não na decepções do universalismo. Ser bíblico os enfurecem (e eles realmente se tornam intensamente enfurecidos quando são confrontados com a verdade), eles recorrem aos métodos de uma luta no parque entre meninos da quinta série: Eles impugnam o caráter dos cristãos, eles atacam os cristãos com clichês; e todas as suas respostas faltam substância total. Uma vez que o cristão é capaz de falar por si mesmo, as “adições” contra ele onde ele não haviam sido capaz de responder se tornam óbvio como os fraudes que eles são.
A regra de ouro é simples: Concentre-se na verdade e não vacile dela. Você nem precisa explicar verdade porque a verdade se explica por si mesma e emergentes não podem lidar com isso.

 

John Henderson

Porque Muitos Pastores Não Estam Falando Da Apostasia?

Eu recebi a seguinte carta de uma irmã no Senhor que está nas linhas de frente da batalha e advertindo seus companheiros cristãos. Eu sigo a carta com uma breve resposta.

Estou tão feliz esses dias quando eu penso sobre o breve retorno de Jesus, e ver a profecia se cumprindo diante de nossos olhos. No entanto, ao mesmo tempo, também estou me sentindo tão triste em meu espírito, porque não vejo uma posição maior a ser tomada daqueles que sabem a verdade e tem uma audiência ou plataforma para proclamar a verdade, mas não sentem com a  urgência para expor de forma agressiva nesta época de afastamento. Às vezes me pergunto se eles acham que isso é tudo um sonho mau, ou ainda pior, apenas uma moda passageira, e esperando que vai passar.

Eu fiz mais uma vez uma viagem a duas livrarias cristãs locais ontem, e ambas parecem estar “empurrando” os livros que são preenchidos com a mentalidade da Igreja Emergente e Igreja missionária. Eu percebo que Rob Bell “Velvet Elvis” é constantemente reabastecido e vendido como um livro de barganha $ 1, e colocados em vários locais diferentes em toda a seção de livros à vista como para se certificar de que ele não perca o olho do cliente – e não apenas em ordem alfabética, como a maioria dos livros são exibidas. (Pessoalmente, eu não penso mesmo que seu livro nem vale US $ 1, mas o plano parece ser a de torná-los muito disponível para tantas pessoas quanto possível, juntamente com uma série de outros que são dessa mentalidade da Igreja Emergente / Missional.) Fora daqueles que estão falando claramente contra a Igreja Emergente, etc, eu não posso nem comprar um livro de autores atuais e especialmente novos e correr o risco de que o autor já estaria impregnado nesta mentalidade. Estou começando a sentir o cansaço de estar em guarda constantemente.

Eu me sinto como “a casa” (ie a Igreja) está em chamas, e quase todos [os cristãos] estão parados só assistindo queimar. Eu sei que não é o caso do seu ministério, e outros que eu acompanho na internet, mas no meu quintal, eu não estou vendo evidências de que o alarme está soando ao nível que mereça para tal situação. Eu sou apenas cerca de 20 quilômetros, aproximadamente  do mega-ministério de Joel Osteen, cuja mensagem parece estar bem avançada mais do que outros. Parece que a mensagem da Igreja Emergente está deslizando em relativamente despercebida, e agora tem um elevado nível de penetração nas livrarias cristãs. A Igreja emergente se tornou apenas mais um “evangelho sinta-se bem”, e não é visto como uma ameaça à Igreja. Com todos os DVD – Concerned Christian que já passamos, nós só encontremos um par de pessoas que sequer sabiam nada sobre a Igreja Emergente de antemão. Depois de dar-lhes o DVD e verificação de volta com eles para a sua resposta, muitos não têm tomado  tempo para assisti-lo. A exceção são os membros fiéis da igreja, que recentemente deixamos , onde eles estão bem conscientes de que sua igreja está pegando fogo. Eles estão trabalhando horas extras para distribuir pilhas de livros como Faith Undone (Fé desfeita) por Roger Oakland para tantos membros quanto possível em um esforço para unir-se, vigorosamente soar o alarme, e tentam desesperadamente apagar o fogo em sua amada igreja, que é rapidamente após a Caminho emergente.

Eu acredito que a hora da apostasia vai abranger aqueles dentro do cristianismo,  mas eu espero ver mais esforço para soar o “fogo” de alarme na tentativa de acordar aqueles que dormem. (Na minha opinião, “as cinco virgens a dormir que têm óleo em suas lâmpadas e estão esperando e olhando para o noivo” são um retrato do despertar agora da igreja com discernimento falado em Mateus 25 -. Com as outras cinco virgens a dormir representando aqueles sem discernimento que caem na armadilha da falsa doutrina do fim dos tempos.) Eu já ouvi muitos pastores falarem da Igreja Emergente em seus sermões ou em alguns programas de rádio, mas não na medida em que eu esperaria, e muitas vezes não se referem a nenhum nome. O fato de que tenha havido tal infiltração forte em nosso material de leitura cristã do movimento pós-moderno e sua agenda parece ser um fato significativo que não foi revelado. Parece que o alarme quase nem ser pode ser ouvido.

Manny, estão esses pastores com medo de enfrentar a Verdade (semelhante a Jonas e outros que foram chamados para proclamar a verdade em face de errar, mas inicialmente, tentou evitar de fazê-lo?) Eu não entendo. Eu não consigo entender, porque um pastor que é chamado para pregar a Verdade, só estão dispostos a “levemente” tocar nesta mensagem. Minha vida inteira foi afetada por este aviso  de estar consciente, alerta, que sei que outros como você,  têm sido também. Tenho certeza que você já experimentou esse momento de tristeza e frustração, mas tem sido tão forte para mim ultimamente, e eu sinto a tristeza continuamente. Agora eu entendo porque Jeremias foi chamado de “o profeta chorão” porque é tão grave e de cortar o coração. Parece que há uma hesitação do púlpito para “chamar os bois pelos nomes” (por falta de melhor analogia). É assim exactamente do jeito que vai ser … ou, ainda, supor que será?
Eu estava curiosa para saber se isso é como você se sentiu no passado ou atualmente se sente, ou estou sendo muito dramática. Eu procuro a ter a vida e minha fé muito a séria e posso ficar um pouco estressada e muito zelosa às vezes, pelo menos na opinião de alguns.

Em Cristo,
Miriam


Caro Miriam,
Aqui estão algumas reflexões sobre suas perguntas:

1. Por que tantos pastores estão em silêncio? Quais são as razões que têm que ficar em silêncio quando eles são chamados por Deus para falar a verdade? Não vêem que o que está acontecendo não se alinha com a Palavra de Deus? Sim, muitos estão se comportando como Jonas, porque eu pessoalmente tenho falado com eles. Eles ouvem, eles balançam a cabeça em concordância, e então é só isso. Ou eles desviam a minha mensagem com o argumento errônea de que não devemos julgar, assim, se afastam claramente das questões em mãos que precisam ser respondidas! Que ironia, vindo de pastores que deveriam conhecer as Escrituras melhor do que eu!

Em todo caso, eu já não ouço deles, e me pergunto o que está acontecendo em suas mentes dia após dia depois de receber a mensagem que lhes dei. E sim, infelizmente, acredito que esta é a maneira que será de acordo com o que li nas Escrituras. Os corações de muitos esfriará; até os escolhidos podem ser enganados, e como o retorno do Senhor se aproxima, haverá uma grande apostasia antes de o filho da perdição chega na cena para enganar ainda mais. É arrepiante pensar neste cenário, mas não podemos fazer isso ir embora fingindo que haverá grande reavivamento, com a falsa noção de qual continua sendo espalhada.

Jesus disse em Mateus 11:25 como ele orou a Deus “,” Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos ” Somos nós os pequeninos que  Ele se refere? Você e eu certamente não somos vistos como gigantes teológicas que todos vem correndo para pedir conselhos. No entanto, por que nós vemos esta apostasia tão claramente, e os homens com estudos teológicos não vêm? Eu acredito que esta nos mostra claramente que não é o conhecimento de livros que revela a verdade para nós, mas o Espírito Santo de Deus quando nós caminhamos na fé e na obediência à Sua palavra. Estão estes pastores e “gigantes espirituais” obedecendo a Deus?

2. Sim, eu também acredito que a casa (a Igreja) tem estado no fogo por muito tempo. Sim, meu coração há muito tempo tem o mesmo peso que você . Você não está excessivamente zelosa, nem muito dramática ou trabalhando muito (estressada), você tem um amor, como eu, para aqueles que são queridos, assim como aqueles que você não conhece bem, porque você sabe que as conseqüências da apostasia e adoração a um falso Jesus são mais mortais do que a morte física! Qual mensagem mais urgente que podemos dar, mas para dizer ao povo que eles estão indo para a destruição? Sim, isso é lamentável! Isto é doloroso! Eu assisti um filme sobre Jeremias que minha esposa e filhos me deram como um presente de dia dos pais. (Acusação de Jeremias). Muitos de nós nos sentimos como o profeta chorão(profeta de lamentos), que dia após dia, ano após ano, vê as pessoas claramente rejeitando o Senhor, enganados participando de idolatria, ou eles simplesmente não se importam. O que mais resta a fazer senão chorar?

A mesma mensagem se aplica a todos que professam ser cristãos hoje. Assim diz o Senhor a todos os que tornaram do seu comando para obedecê-Lo em todas as coisas: “emendai os vossos caminhos”. Para todos os que desejam “viver uma vida piedosa em Cristo Jesus”, aqui é outra garantia: vamos ser perseguidos por causa do Seu nome. Podemos até ser mortos por causa Dele algum dia. Mas o resultado final de nossa fidelidade é uma coroa de glória e de estar na presença do rei. No entanto, a boa notícia certamente não remove o fato de que muitos rejeitarão o verdadeiro Jesus, nos dias finais, e adorarão e irão reverenciar a um deus falso. Oh a tristeza e o desgosto que traz para nós, como nós pensamos de entes queridos em especial que temos dado a mensagem, mas que nos rejeitarão. Mas Jesus disse: “E por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo.” Mat. 24:12-13

Então, devemos continuar a proclamar fielmente a verdade a todos quantos vão ouvir, e devemos permanecer firmes até o fim.  Quebra o nosso coração saber que muitos se afastaram e se esfriará o seu amor, mas a sua responsabilidade será a de não responder a nós, mas ao Deus Todo-Poderoso no Dia do Juízo.

Quando o Filho do Homem vier, achará porventura  fé na a terra? (Lucas 18:8)

Manny Silva

 

Eles Trocam O Verdadeiro Evangelho Para Uma Mentira

Recebi isso ontem de uma amiga na California, em resposta ao meu ultimo artigo:

“O Evangelho puro santificada de Jesus Cristo em toda a sua força foi substituído pelo” evangelho social “dos nossos dias em nossas igrejas. Eles perderam de vista onde traçar a linha entre a estender a mão e ajudar os outros … e que de dar-lhes a mensagem do Evangelho. tanta ênfase é colocada nas milhares de entidades que atendam às necessidades humanas materialistas dos perdidos …. mas tanto que o orgulho do homem diz: “Eu fiz uma ação maravilhosa de modo que é tudo que importa. Eu era “Jesus” para eles.”  Mas então …. como eu disse ao meu ex-pastor:. Porque, eu gosto demais, estava ouvindo a falta do Evangelho, mas muito sobre servir os outros – que não são diferentes de bondade baseado cultos e religiões.  Muitos deles parecem como cristãos. No entanto, a frase frequentemente usada tomadas de São Francisco de Assis, onde a mensagem está a ser … não necessariamente para falar a Palavra de Deus … eu sinto que tem sido exagerada.
Não tenho nenhum problema dar a uma pessoa pobre de rua – se ele está gastando em drogas ou qualquer outra coisa, contanto que eu faço isso em nome do Senhor .. Vou dizer-lhe depois de lhe dar dinheiro, que eu também quero que ele / ela para saber sobre o “alimento que alimenta a alma”. Se ele usa o dinheiro para as drogas, não é o meu negócio se eu estou dando em nome do Senhor, o poder da mensagem do Evangelho não só salva, mas é capaz de libertá-lo de seus cativeiros.

Como é triste que o Evangelho tem sido tão contaminado por todos os “ingredientes adicionados a ele” pela igreja. Quando isso acontece, dilui, torce, desconta, e tira o valor  da a maravilhosa mensagem poderosa da obra redentora de Cristo na cruz. O Evangelho não precisa de mais nada, pois é o que é por causa de quem é Deus e de quem é o Seu Filho. ”
Eu aprecio o que foi dito aqui, pois reflete com precisão nossas denominações cristãs de hoje, se Nazareno ou qualquer outro grupo. Em vez de pregar o evangelho puro de Jesus Cristo, apóstatas “cristãos” em festivais como Wildgoose gastam seu tempo bebendo e festejando na “comunidade” na sua cerveja e tendas de vinho. Eles convidam qualquer pessoa para vir e compartilhar o que eles têm, e eles minimizam as diferenças doutrinárias e abraçar tudo debaixo do sol que é espiritual. Líderes olham para o outro com medo de criticar os colegas, ou talvez porque aprovam tudo. Qualquer tipo de espiritualidade é bom para eles agora, não se as crenças e doutrinas estám profundamente baseada na Escritura ou não.

A igreja emergente enfatiza um evangelho com defeito e falso, enfocando aspectos tais como: comunidade e as relações em lugar de doutrina, rejeitando o fato de que existem verdades absolutas que são encontrados na doutrina absolutamente claro como é ensinado através da palavra infalível de Deus. Mas esse é o problema fundamental e que levou a este enfraquecimento do evangelho. Estes rebeldes pseudo-cristãos acreditam que estão fazendo uma coisa boa, abraçando a “tenda grande” filosofia. Abrem cozinhas e despensas de alimentos, alimentação e roupas aos pobres no bairro, e ao mesmo tempo nunca apresentam uma mensagem do evangelho claro que essas pessoas estão indo para o inferno com o estômago cheio. Oh, eles podem muito bem dizer a essas pessoas algo como “Deus te abençoe”, quando ao sair pela porta, mas isso é tudo. E, claro, há despensas da comunidade de alimentos cuja regra ou lei é sequer menciona Jesus Cristo, ou o que impede os cristãos de testemunhar para aqueles a quem eles servem comida. No entanto, eles fazem isto em nome de Jesus. Como é triste, mas eu acho que isto os fazem sentir bem poder alimentar alguém.

Vemos Superintendentes Gerais da Igreja do Nazareno e presidentes de denominações evangélicas e de santidade de mãos dadas com defensores da justiça social, pensando que eles estão fazendo um ato maravilhosamente espiritual que irá agradar a Deus. Eles defendem os “direitos” de estrangeiros ilegais, dizendo que é a coisa cristã a fazer, enquanto ao mesmo tempo em que pisa nos direitos daqueles que, seja cristão ou não, estão esperando pacientemente para entrar em nosso país, ou que estão sendo privados de seus empregos a favor dos infratores. Ao invés de proclamar o evangelho real, eles se perdem em busca da justiça social e ambiental que não fazem nada para mostrar ao pecador que eles realmente precisam.

Devemos continuar a enviar avisos para aqueles que estão a perverter o evangelho e espalhar veneno em nossas igrejas e universidades. Mas os avisos também precisam sair para os cristãos, especialmente os pastores e outros em posições de liderança, que estão de pé apaticamente por enquanto a igreja está sendo corrompida. Pastores, se vocês acham que tudo que você precisa fazer é proteger a sua pequena igreja, isolando sua congregação da ideologia emergente e nunca ensiná-los sobre o que está acontecendo, o que vai fazer depois de sair, e sua substituição é um lobo em ovelha roupas? Você provavelmente verá o fim da igreja para ser um clube social que faz um monte de ações boas à comunidade, mas não faz nada para alimentar o povo com o alimento real: o Evangelho de Jesus Cristo.  Então no fim, pode ser tarde demais, mas você ainda terá que responder a Deus.

Senhor, Não Fizemos Muitas Coisas Maravilhosas Em Teu Nome?

(Por John Henderson)

Mateus 7:21-23 “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramemnte: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. “. “… Eu sou aquele que esquadrinha os rins e os corações; e darei a cada um de vós segundo as suas obras ” (Apocalipse 2:23 b).

Eu compartilhei por e-mail um artigo de Terry Ivy [1] em que ele discutiu a falta de igrejas que se concentram principalmente em programas em detrimento de conversões, como crentes evangélicos entendem conversões. Ele não estava criticando programas como tal, mas o fato de que as conversões vigorosas estavam conspicuamente ausente e tudo o que restava eram os programas e eventos.

Tornou-se uma doença da alma da igreja e essas atividades parecem ser tudo o que eles não deixaram que os faz pensar em igreja real. É a sua substituição por compromisso com o chamado de Jesus para ir para o mundo e ganhar almas, então alimentá-las nas coisas de Cristo. É o seu abandono do princípio da Igreja do Novo Testamento de adicionar à igreja aqueles que serão salvos.

Na verdade, quando eles dizem que querem voltar às práticas da igreja primitive, não é a igreja primitiva eles significam. Eles nunca voltam ao passado mais que o ano 200 DC, mas perdem tempo sobre nas heresias nascentes dos séculos depois, buscando ressuscitar os velhos erros, muitos dos quais até mesmo a Igreja Católica moderna está abandonando. Eles ansiosamente correm atrás de seus professores complacentes mas, “tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis” [2] e perdem a chamada de Deus completamente.

Eles devem de alguma forma saber lá no fundo, mas escolhem fechar os olhos e ouvidos do entendimento espiritual contra advertências do Espírito e chegar a um lugar onde eles realmente pensam que estão servindo a Cristo. Depois de ser completamente auto-enganados, eles avançam em arrogante autoconfiança todo o caminho até a Barra do julgamento de Cristo. Mesmo assim, eles ainda acham que têm servido ao Senhor até que o Senhor mesmo tem que dizer para eles de forma diferente. Que tragédia irreversível!

Se você ler todo o relato de Mateus, você vai ver que havia dois grupos. Um grupo, o salvo, estava tão concentrado em amar o Senhor que completamente ignorava o valor do seu serviço para ele. O grupo perdido estava tão concentrado em seu “serviço” a Ele que completamente ignorava amá-lo. Ambos os grupos o chamaram de Senhor, mas Ele era o Senhor apenas dos que haviam se “perdido” só para encontrá-lo novamente Nele. O outro grupo somente se viram como se empurrando para a frente para que Ele o notase e perderam tudo no final.

Um dos meus ativos destinatários de e-mail na costa oeste, um Nazareno que muitas vezes responde de maneira significativa, me escreveu o seguinte sobre o blog de Terry Ivy:

“Novamente, essas ‘coisas’ em si não são erradas ou até mesmo pecado. Mas por outro lado, tudo o que antecipa, distrai, brinca com os sentimentos e, especialmente, “mistura-se”com o Evangelho precisa ser avaliado … Os crentes continuamente parecem estar chegando com todos os tipos de formas e meios para entreter. … em vez de sugerir reuniões de oração e concentrar todas as mensagens na igreja sobre a graça salvadora e o preço Cristo pagou por mim na cruz. Qualquer coisa na vida e especialmente na igreja pode se tornar uma pedra de tropeço, desconto, desacreditar e humilhar o Evangelho – portanto, deve obrigar-nos a julgar tudo à luz da obra redentora de Cristo na cruz. A cruz não é mais tida em alta estima, quando todas estas ‘coisas’ entram na igreja. Sempre que esses locais são usados para “atrair” as pessoas, eu sempre noto que a mensagem simples e clara do Evangelho, que obriga os pecadores, à vir à cruz, torna-se diluída e, muitas vezes nem sequer é mencionada.

Essa mesma pessoa, em seguida, seguiu com uma resposta à minha pergunta que se tornou o tema deste artigo:

“Sim, muito possivelmente isso poderia pertencer ao verso: ‘Senhor, não fizemos muitas coisas maravilhosas em seu nome? ‘mas … infelizmente, devido ao fato de que as portas foram abertas para o inimigo – este versículo está perdido para aqueles que estão sendo entretidos”.

Outro correspondente Nazareno no EUA oriental, respondendo ao mesmo artigo Ivy, me enviou esta mensagem:

“Eu acredito que isso também acontece nos dias (anterior) na (minha infância) na IDN [3] . Houve cantoria animada, e pregação sólida, e basicamente isto. Saímos para ‘visitar’ e testemunhar – e é isso que trouxe as pessoas para a igreja. Pregação forte, sempre terminando em um tema sobre – o céu ou inferno – o confronto, resultou em conversões reais no altar – e muitas vezes tomaram mais do que os 2 ou 3 minutos que leva para orar a “oração do pecador”. E a igreja cresceu.”

Eu não sou um pessimista. Embora eu saiba que há para ocorrer uma grande apostasia imediatamente antes da segunda vinda de Cristo e que muitos serão enganados, eu também acredito que Jesus não virá para uma Igreja que se está entrincheirando de ataques do mundo. Ele estará vindo para uma Igreja ocupada, uma Igreja que está atendendo à sua missão, enquanto mantendo um olho no céu.

Lucas 12:37-38: Bem-aventurados aqueles servos, aos quais o senhor, quando vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará reclinar-se ã mesa e, chegando-se, os servirá. Quer venha na segunda vigília, quer na terceira, bem-aventurados serão eles, se assim os acha. “

 

[1] Terry Ivy. A Igreja que está Repensando, Parte 5 – Conversões Bíblicos  (http://blogs.christianpost.com/guest-views/rethinking-church-part-5-biblical-conversions-9823/ ).

[2] Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos (2 Timóteo 4:3, NET). Por esta razão, eles não vão tolerar a sã doutrina.

[3] IDN é uma abreviatura comum para a Igreja do Nazareno

 

Dr. vovô (John Henderson)
[AVISO: qualquer coisa que eu escreva sobre essa assinatura pode ser copiado ou compartilhado com os outros e é considerado como material publicado salvo indicação em contrário aqui]

 

Não é mais uma Igreja Completa de Salvação e de Santidade: Apostasia da Igreja do Nazareno

por Mike Jobbins

Enquanto a inerrância das Escrituras é mais que suficiente para mostrar a terrível apostasia da fé e da teologia dos fundadores originais da denominação, quero me concentrar em declarações feitas em ” Perspectiva Pastoral sobre a homossexualidade de seus Superintendentes Gerais * (sic), que mostram mais claramente do que nunca, que:

“Nazarenos já não detêm as doutrinas da salvação e santificação total!”

Prova incontestável: * (citações, Ibid, página 9, Col. 1, parágrafo 2.):

 

“A orientação sexual não é geralmente uma escolha voluntária. … É amoral, nem moral nem imoral. Escritura claramente … não aborda a orientação homossexual … o Manual da Igreja do Nazareno e a declaração oficial da Junta de Superintendentes Gerais fazem uma distinção clara entre o comportamento e orientação. Um deles é pecaminoso, o outro não é. ”
Esta é uma renúncia absolutamente surpreendente da doutrina Wesleyan-armênio! – O quê?

(1.) A Igreja do Nazareno não acredita mais no livre-arbítrio?
(2.) “É amoral, nem moral nem imoral”? – A Igreja do Nazareno já não acredita no incorrigível, na carnalidade não-sanctificada, e depravação humana pecaminosa?!

(3). “As Escrituras claramente … não falam sobre a orientação homossexual?
(4). “Um é pecaminoso, o outro não é”?

A Sagrada Escritura discorda com a Junta de Superintendentes Gerais e a posição oficial da Igreja do Nazareno!

20E [Jesus] disse: O que sai do homem , isso é que o contamina. 21Pois é do interior, do coração dos homens, que procedem os maus pensamentos, as prostituições, os furtos, os homicídios, os adultérios, 22a cobiça, as maldades, o dolo, a libertinagem, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a insensatez; 23todas estas más coisas procedem de dentro e contaminam o homem.” * Marcos 7:20 – 23.

* (Citações, Ibid, página 11, Col. 1, Pará 3.):

“.. a realidade é que uma orientação transformada sexual não é sempre o caso. Para aqueles que não são reorientados, eles são chamados a viver uma vida de abstinência que é abençoada pela obra do Espírito Santo em suas vidas. ”
Que afirmação peculiar esta é! – Permita-me para cristianizar a sua terminologia!
Substitua a palavra “reorientados” com as palavras ‘regenerado, nascido de novo’! – Se uma pessoa é verdadeiramente nascido de novo * (Salvo), e verdadeiramente santificada pelo Espírito Santo, eles não são mais um homossexual, travesti, estuprador, adúltero, ou qualquer outra coisa que você pode nomear!

Substitua a palavra “abstinência” com as palavras “supressão”, “não praticante”.
“Abençoado por obra do Espírito Santo em suas vidas.” – O que é isso? – A máxima torção Wesleyan-armênio para esta frase só pode significar “graça preveniente”, que é dizer graça de “pré-conversão”, mas a Junta de Superintendentes Gerais não dice isso!

* (Citações, Ibid, pg 10, col 1, último parágrafo..):

“A chamada para o homossexual cristão …”
Esta é uma contradição direta e herética das Escrituras. O que é um “homossexual” cristão “? O termo é um oxímoro! É uma combinação ilógica, incongruente e contraditória de termos.

Devemos agora acreditar que existe tal coisa como um – cristão ‘estuprador e molester da criança’, um – cristão ‘mafioso’, um – cristão ‘capanga e líder de gangue’, um – cristão ‘viciado e traficante de drogas’, um – cristão ‘ladrão, falsificador, chantagista e um assassino’, um  – cristão ‘ladrão de bancos’, um – cristão ‘bêbado e contrabandista’, um – cristão ‘adúltero fornicador, e pornógrafo’? …
Que perversão terrivelmente e confusa da “Boa Nova” da plena salvação e inteira santificação é esta!

17Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” * 2 Corintios 5:17.

9Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, 10nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. 11E tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus. ” * 1 Coríntios 6:9 -11.

Se você professa ser Nazareno, mesmo com a limitação artificial estabelecido pela Junta de Superintendentes Gerais sobre a  maioria da Sagrada Escritura não sendo inspirada, isto se trata especificamente com “coisas relativas a Salvação” – então você não pode manobrar ao redor deste versículo das Escrituras. Se a única parte da Bíblia que é importante é “a parte que pertence a salvação”, então esta é uma passagem divinamente inspirada, importante e inevitável na Bíblia Sagrada.

Até que nazarenos chegam ao ponto de renunciar toda a Escritura, eles não podem manobrar ao redor desse versículo. – Mas então não teriam um emprego, não é? – Como o Dr. L.T.C. * me informou em uma classe de teologia sistemática: “Esta é uma aula de teologia, não uma classe Bíblia, e eu não quero que você cite a Bíblia na minha aula de teologia!” – Então, eu realmente não esperava que eles fizessem caso sobre qualquer coisa que a Bíblia diz em relação a “parte que pertence a salvação”! – Se por algum acaso estranho, eles realmente se preocupam com “a parte que pertence a salvação”, então como é que eles manobram em torno dos seguintes versos das Sagradas Escrituras?

18Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça  24Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, ã imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; 25pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram ã criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém. 26Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário ã natureza; 27semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro. 28E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm— Romanos 1:18, 24-28.
7Porque Deus não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação. 8Portanto, quem rejeita isso não rejeita ao homem, mas sim a Deus, que vos dá o seu Espírito Santo.” * 1 Tessalonicenses 4:7-8
23E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. 24Fiel é o que vos chama, e ele também o fará.” * 1 Tessalonicenses 5:23-24.

– Não me admiro que o meu professor de teologia não queria que eu citace a Bíblia, ou de prova de mensagens de texto da Sagrada Escritura, [e usando na mais que a “Versão não inspirada” preferida!]

Olhe para a “posição oficial” da Igreja do Nazareno em matéria de orientação homossexual. É muito evidente a posição oficial da Igreja do Nazareno, não declarada que seja, é que “Deus não é capaz de salvar completamente e completamente santificar”.
Nazareno paroquiano: você sabe que isso é mais que uma questão da homossexualidade. – A posição oficial aplica-se tão facilmente aos que molestan crianças, estupradores, fornicadores, adúlteros, alcoólatras, viciados, traficantes, e qualquer outro tipo de pecado.

(Citações, ibid, página 13, coluna 1, parágrafo passado..): “O homossexual reorientados ou o celibatário solteiro serão convidados a participar plenamente na vida do ministério da igreja, sendo líderes nos ministérios da igreja, servindo na junta, e cantando em coros. ”

Se eles são apenas “não praticante” – Se eles não são nascidos de novo, se eles não estão totalmente regenerado, se eles não são santificados – por qual esforço de imaginação você pode possivelmente dizer que não deixará de tentar de ser um pervertido ‘não-praticante’, e voltar ao que ele têm suprimir dentro de si? – Reincidência – Um retorno ao seu estilo de vida anterior não é apenas possível, é praticamente inevitável – ha não ser que foi completamente salvado e inteiramente Santificado!!

Se eles são apenas “não praticante”, como a Junta de Superintendentes Gerais, e a perversão da Nova Versão Internacional (NVI) dizem, vocês estão colocando suas esposas e filhos em perigo terrível! – De onde você acha que esses pervertidos vão procurar, e recrutar sua próxima geração de vítimas?

Isto significa que todos os itens acima são oficialmente reconhecidos como totalmente aptos e qualificados para a ordenação em sua denominação para servir como seu pastor, seu evangelista, o seu diretor do coro, mesmo ensinar a seus filhos e dar “aconselhamento matrimonial”,* (?) ao seu cônjuge.
Para isto é o que a Igreja do Nazareno tem caído! A Igreja do Nazareno já não ensina e prega a salvação completa e inteira santificação da mente, espírito e corpo, e santidade tangível em pensamento, palavra e ação.

Repito: a Igreja do Nazareno não é mais uma salvação completa, e Igreja de Santidade! Apostasia detém as rédeas e se senta no assento de autoridade.

Na página 6 da dissertação Jason Bjerke de ” inerrância limitada e seus problemas “, ele cita a Junta de Superintendentes Gerais lamentando o fato de que “A igreja cristã tem enfrentado ataques de ateístas declarados de fora e os desafios terríveis de escândalos internos. “- E a Junta de Superintendentes Gerais se pergunta por que? Eles puseram a igreja numa posição para criar futuros escândalos que serão muito pior do que qualquer outro na história de sua igreja – escândalos sem precedentes, como nunca foi visto antes!

A política oficial instituído pela Junta de Superintendentes Gerais da Igreja do Nazareno estabelece a denominação para novos escândalos sem paralelo em jornais do país, tablóides, e notícias da noite. Como Elmer Gantry, Amie Simple McPherson, A.A. Allen, Max Vollendorf, Jimmy Swaggart, o assassino BTK * (Supt. da Escola Dominical), e “Reverendo” Ted Haggard vão ser totalmente insignificante em comparação!

– MLJ.

Carta Aberta à Junta de Superintendentes Gerais

Caro Junta de Superintendentes Gerais,

Como muitos nazarenos mais estão conscientes de agora, tem havido coisas que acontecem na denominação Nazareno nos últimos dez anos, talvez até mesmo 20 e 30 anos, que mudou gradualmente o tecido da nossa denominação, tanto nas igrejas e nas universidades . Nesta era pós-moderna, aparentemente muitas das nossas igrejas e universidades têm claramente saltaram no movimento da igreja emergente. Isso é uma coisa boa ou ruim? Ou talvez seja as duas coisas. Eu não estou tentando criar problemas para si mesmo, mas estou levantando questões que muitos acreditam que são essenciais e precisam ser respondidas. Uma das minhas maiores preocupações é a seguinte: os jovens da nossa faculdade a pé do Jesus real, para os braços de um falso Cristo e um evangelho falso. Dói só de pensar que ainda se pode andar longe do Senhor, por causa do que nossas escolas estão permitindo.

Um dos problemas que têm surgido é a hemorragia que está ocorrendo em nossas igrejas e universidades. Nazarenos, jovens e velhos, têm sido de decidir deixar a sua igreja, e às vezes a denominação. Alunos e pais estão optando fora da decisão automático normal para ir para uma escola de Nazaré, e em vez disso estão buscando alternativas. Certamente, isso é uma coisa comum que acontece o tempo todo em todas as denominações, porque as pessoas migram e se movimentar, ou tomar decisões pessoais com base em suas próprias circunstâncias. No entanto, as razões da partida que eu estou ciente de são muito diferentes do que as idas e vindas aleatórias que ocorrem. É muito mais grave, e não há um padrão que é mais perturbador. Eu não tenho estatísticas pregada ao chão, mas os muitos relatos que recebi, assim como outros, demonstra que há uma razão partilhada. Que a razão pode ser resumida como “uma erosão do sólidos princípios bíblicos, em troca de uma abordagem humanística, mística ecumênica e relativista da nossa fé e prática cristã.” Em outras palavras: muitos nazarenos são absolutamente farto com o que está acontecendo em nossas igrejas e universidades, e decidiram que não vão defendê-la mais. Eu nem sequer tenho tempo aqui para ir para o evangelho social extrema e gospel ambiental que está sendo empurrado em detrimento da pregação da mensagem do verdadeiro evangelho.

Creio que é uma das razões que nós estamos vendo algumas igrejas caindo vertiginosamente na sociedade, às vezes dentro de apenas um ano, como insinua a ideologia emergente em sua congregação. Ex-membros se sentou em espanto e consternação em seus bancos, como um pastor introduz novos rituais que nunca foram parte da tradição do Nazareno, mas foram mais reflexivo da Igreja Católica Romana. Esse mesmo pastor, que, talvez, quando ele foi entrevistado para o trabalho falou claramente de seu respeito pela palavra de Deus, agora prega sermões que são mais de sua opinião pessoal e filosofia, com uma passagem das escrituras ocasionais jogada como uma reflexão tardia. Menos é mencionado de verdadeiro arrependimento e do pecado, e em vez disso, os sermões estão repletos de temas de justiça social e uma ênfase exagerada na “comunhão”, em detrimento de estudar a palavra de Deus. E cada vez mais, esses pastores pós-moderna, (alguns que acabam de sair do seminário, mas outros foram em torno de um longo tempo), são freqüentemente citando ouvido hereges e falsos mestres do púlpito, como Henri Nouwen, Thomas Merton, Rob Bell Richard Foster, e Brian McLaren. Tanto para o património da santidade wesleyana de nossos pais! Agora estamos procurando mais e mais Padres do Deserto, em vez, e os místicos que promovem o esvaziamento da mente, a fim de “ouvir a voz de Deus.”

Estes Nazarenos eram também ouvir novas frases como “missionária”, ou “formação espiritual” e, gradualmente, percebi que eles não significam necessariamente que eles pensaram que isto significava. Nós agora temos pessoas que saem em grupos, formando sua própria irmandade, porque eles não podem mais ficar sentado em uma igreja que está procurando cada vez mais como a Igreja Católica Romana, com seus rituais e tradições. Nenhum pessoa da maravilha estão indo embora. Tenho a certeza que também estão cientes de pelo menos uma igreja cujos membros votaram a favor completamente separar-se da denominação, ao invés de comprometer os seus princípios bíblicos. Certo, talvez isso seja apenas uma igreja de milhares, mas eles estavam todos loucos (como louco?), Ou foram justificados biblicamente de “divórcio” se da denominação? Talvez a Igreja do Nazareno não é apenas um sangramento, mas perto de hemorragia. É penoso para mim, muitos e-mails que tenho recebido de nazarenos antigos que foram expulsos de suas igrejas, muitos deles sendo chamado de ódio e baderneiros e divisórias, tudo por causa de fazer perguntas de suas lideranças, como o que está acontecendo à sua da igreja.

E depois há as universidades. programas de formação espiritual em toda as escolas estão a empurrar o que é essencialmente a espiritualidade contemplativa. É apenas uma outra palavra para isso. Isso não é Nazareno, este não é cristã. Isto é simplesmente uma versão cristianizada da meditação transcendental, e os falsos mestres como Richard Foster, Leonard Sweet, e Tony Campolo estão sendo adotados e, mesmo sendo dada uma plataforma de mentoria de pastores e futuros pastores! Até mesmo um universalista como Jay McDaniel foi autorizado a falar em NNU, conforme resumido neste vídeo. Você pode me dizer o que está acontecendo, quando uma universidade permite esse tipo de tolice para ser dada uma plataforma na nossa “cristão” escolas?

Um capelão do colégio gosta de ler A Cabana (um livro cheio heresia), e elogia Brenna Manning, professor de místico e falso. Outra capelão recentemente disse aos alunos em um serviço de capela em 22 de setembro que “eu considero-me um místico”, e cita Brian McLaren, um falso mestre. Este capelão mesmo é um promotor ousado da lectio divina, e afirma um dos seus heróis para o irmão Roger, o fundador da comunidade, contemplativa interspiritual chamado de Taizé, na França. Por capelães Nazareno promover este tipo de coisas, eo nome deste tipo de “herói”, está além de mim como um nazareno, e como apenas um cristão. Mas este é, provavelmente, se tornando a norma entre os capelães da faculdade, e esse é meu medo.

Muitas das nossas universidades estão esgotados para este movimento contemplativo. labirintos Oração talvez em breve se tornará a norma mais deles. labirintos de oração são uma prática emprestada de religiões pagãs, e estes estão bem agora, nas escolas e igrejas Nazareno? Muitos também estão se unindo e adotando práticas de católicos romanos, ou recomendá-los aos nossos alunos, ou vendendo Bíblias Católica Romana nas livrarias. A evolução está suplantando o relato do Gênesis, e que está tudo bem agora, se os alunos são ensinados que Adão e Eva não eram reais, ou que o dilúvio mundial não ocorreu. Em vez disso, eles tinham mais probabilidade apenas histórias alegóricas ou mitos. Assim, eles estão ensinando nossos alunos a duvidar da veracidade da palavra de Deus. Não é de admirar que, nesse ponto, eu não teria sequer considerar o envio de meu filho a uma universidade Nazareno, ou recomendar alguém para enviar seu próprio filho. É muito perigoso!

Você vê, agora, eu ainda sou um nazareno. Talvez a razão principal que eu permanecer é que eu ainda sou capaz de assistir e de culto em uma igreja cujo pastor Nazareno não acredito nessa palhaçada que está sendo promovido e passou como algo bom para nós. Muitos de nós se recusam a ser sob a liderança de um pastor que não crê na inerrância e autoridade das Escrituras, e por isso estou agradecido Eu ainda posso ir a uma igreja cuja liderança está comprometida com a Palavra de Deus, não comprometidos com programas de bobo , música, rituais místicos e até mesmo secular desempenhado durante os cultos. Outra razão para eu ter ficado é que eu tenho assumido uma responsabilidade que eu nunca pensei que teria nem sou o mais qualificado para, mas saúdo por amor a meus novos amigos, que muitas vezes me ligar ou enviar e-mail-me com os pedidos de pareceres sobre o que fazer. Por causa do que eu tenho passado por mim, eu sou capaz de ajudar a tratar os outros com a graves perturbações e comunhão quebrada que esse movimento trouxe para suas vidas.

Eu não acredito que a saúde da denominação Nazareno deveria ser medido pelo número de pessoas, ou o quão saudável é o orçamento, ou mesmo quantas igrejas foram construídas no ano passado. Pelo contrário, ela é medida na obediência, firme fiel a Cristo em tudo o que Ele manda, e assim também é medido pela rejeição de tudo o que contradiz o evangelho “de uma vez por todas foi entregue aos santos.” (Judas 3) Se qualquer um prega outro evangelho, Paulo disse que a pessoa deve ser amaldiçoado. É a Igreja do Nazareno de começar a pregar um outro evangelho?

Eu poderia continuar, mas eu vos escrevi antes, com as minhas preocupações no ano passado. Desde a Assembléia Geral, quando um grupo de nós passou a 6.000 DVDs, mas foram repelidos por parte da liderança lá, nós continuamos a fazer perguntas e fazer os outros conscientes do problema. Muitos outros têm escrito para você com as suas preocupações. Eu não posso falar por eles, mas eu ainda estou esperando por respostas. Estou lhe pedindo para dar uma resposta clara e inequívoca para as muitas questões que foram levantadas nos últimos anos. É a lectio divina realmente uma prática bíblica? São labirintos oração ok? Se os pastores e professores promover o livro herético pelos místicos e como pastor Rob Bell, que negam a infalibilidade da Escritura? Caso Nazareno congregações culto dentro de uma Igreja Católica Romana, que ensina uma falsa doutrina? Nós sabemos que você tem denunciado os falsos mestres como inaceitável, mas muitos estão se aproveitando da nossa juventude agora. Acho nazarenos merecem saber quais são eles especificamente que você acha que são falsos mestres, para que possamos “marcá-los” e “evitá-los” como comandos escritura.

“Onde você está sobre estes temas?” É uma pergunta justa que eu acredito que merece uma resposta justa.

Bênçãos e paz,

Manny Silva